ASPECTOS POPULACIONAIS

Na década de 1970, o município contava com uma arrecadação pouco expressiva no comércio. Sua população concentrava-se quase que totalmente na área rural e nesta época os proprietários rurais tinham pouco acesso a implementos agrícolas, dependendo de trabalhos braçais para plantar para o qual contratavam famílias para trabalhar de meeiros. Com o crescimento dos centros urbanos, as famílias conhecidas como meeiros se deslocavam para trabalhar nos municípios que possuíam indústrias, provocando o êxodo rural.

Em 1975 ocorreu uma geada que ficou conhecida como a geada negra, que trouxe muitas perdas para a agricultura, agravando ainda mais a saída do homem do campo. Além disso, na década de 1980, os proprietários rurais optaram por mecanizar o trabalho rural. 

TABELA 2 - População residente de Barra do Jacaré, 1970 - 2000

Ano

Urbana

Rural

Total

1970

   882

5.784

6.666

1980

1.040

2.948

3.988

1990

1.255

1.582

2.837

1996

1.569

1.392

2.961

2000

1.691

1.032

2.723

 

Fonte: IBGE - 2000.

Ainda hoje não existe uma política de geração de emprego definida e com isso os filhos das famílias que permanecem no município, acabam se dirigindo para centros maiores em busca de novas perspectivas de trabalho.

No entanto, pela estimativa do censo demográfico do IBGE, há uma leve tendência de crescimento da população residente no município de Barra do Jacaré, conforme se verifica no gráfico 1. 

 

GRÁFICO 1 - Estimativa da população de Barra do Jacaré, 2001 - 2006